mensageiro-secreto

Os mensageiros secretos

Há muitos anos eu desconfio que os livros são mensageiros secretos. Tão secretos que só eles sabem o momento em que devem aparecer para nos dar a mensagem. Eu, como todo bibliófilo, tenho mais livros do que o tempo disponível me permite ler. E eles vão ficando ali na bancada, empilhados. E a pilha vai crescendo. Já aconteceu, por exemplo, de me faltar inspiração para escrever alguma coisa e resolvi dar uma arrumada na bagunça. Comecei a separar os volumes por assunto, prioridade, coisas assim. Lá pelas tantas um se desequilibrou na prateleira e me caiu por cima. Continue

ensaio sobre cegueira

A CEGUEIRA DE CADA UM

Um filme não é um livro, isso todo mundo vê. As diversidades nas formas de expressão tornam-se inevitáveis pelas diferenças de suporte, mas não precisam – e não devem – alterar substancialmente o conteúdo, quando o primeiro se apropria do segundo para recontar a mesma história. As variantes interpretativas, quando acontecem, são determinadas por fatores externos à obra, tais como posições ideológicas, ou necessidade de tornar o entendimento mais acessível, com vista a atingir um público maior. Continue